saiba-mais-sobre-bombas-submersas

Peças para bombas submersas: conheça itens essenciais para o bom funcionamento do equipamento

Utiliza-se bombas submersas, na maior parte das vezes, para realizar a transferência de água em locais submersos. Portanto, é de extrema importância garantir que o procedimento de drenagem, ocorra com muita segurança e eficiência.

Então, para entender melhor a necessidade de usar esse equipamento na sua indústria, temos que lembrar o fato de, muitas vezes, a água estar armazenada em poços, valas e até mesmo reservatórios, dificultando o acesso e saída do líquido.

Portanto, é necessário que ocorra a instalação de uma bomba de água submersa, onde o principal objetivo, por meio do seu mecanismo, é auxiliar na retirada de água do determinado local onde se encontra.

Diferença entre bombas submersas e bombas submersíveis

Para nos integrarmos ainda mais no assunto referente às peças que compõem as bombas submersas, precisamos antes de tudo, entender um pouco mais sobre esse item, e qual a diferença em relação a outros produtos que se encontram no mercado.

Por isso, para saber mais, continue a sua leitura e descubra agora a diferença entre bomba submersa e bomba submersível, e qual a finalidade de cada uma no processo de realizar a transferência da água.

Assim, você evita se confundir na hora de realizar a compra, e pode escolher a melhor opção, que se encaixe perfeitamente com a sua necessidade.

Bombas submersas

A bomba submersa, como já dito antes, tem como principal e única função bombear água, seja de poços artesianos ou de estruturas submersas semelhantes. Ou seja, seu objetivo está em drenar água de grandes profundidades.

Contudo, as bombas submersas podem ter diversos modelos, que se dividem por potência e capacidade de vazão.

Alguns modelos de bombas submersas, podem chegar a uma submersão de até 20 metros de profundidade, e aceitam variações de temperaturas; por conta desse fato, elas são grandes aliadas da indústria naval.

Porém, apesar dos diversos modelos, todas as bombas submersas possuem a mesma função, que é bombear a água.

Bombas submersas e submersíveis

A principal função da bomba submersa, é drenar água de grandes profundidades, na maior parte das vezes para abastecer reservatórios de água dos mais variados tipos, a bomba submersível serve exclusivamente para realizar a limpeza desses mesmos reservatórios.

Esses equipamentos, por conta de terem a função de limpeza, são mais robustos que as bombas submersas que conhecemos. Isso ocorre, pelo fato de serem utilizados para manter os reservatórios de água mais limpos.

Mas, não é só em reservatórios que ocorrem essas limpezas. Essas bombas também podem ser utilizadas em: sistemas de esgoto para evitar entupimento, tratar piscinas, em indústrias navais e, também em algumas outras atividades industriais que são consideradas mais pesadas.

Sendo assim, encontra-se essas bombas em dois modelos, sendo eles, o trifásico e o monofásico. Esses itens, também possuem uma estrutura muito mais complexa do que as bombas submersas.

peças-que-compõem-bombas-submersas

Peças para bombas submersas

Para conhecer mais do funcionamento e a qualidade de uma bomba submersa, é importante saber todas as peças que compõem esse equipamento.

Existe uma grande variedade quando falamos em bombas d’água. Cada uma delas apresenta estruturas diferentes, e isso acaba, de alguma forma, refletindo em seus componentes.

Portanto, é muito importante obter essas informações, para o momento em que a compra for realizada.

Por isso, preparamos esse conteúdo para você conhecer por completo cada peça presente em bombas submersas, e qual a sua função nesse equipamento.

Mancais

O mancal, é uma peça de metal, podendo ser esférica ou não, tendo a opção de um formato cilíndrico, onde o eixo e o rotor se apoiam. Dessa forma, o funcionamento do equipamento se torna mais eficiente.

Motor elétrico

O motor, é considerado o principal responsável pela produção da força necessária, para o funcionamento do equipamento.

Válvula de retenção

A sua principal função, é não permitir com que o líquido que está sendo sugado, volte. Assim, ela protege a bomba de possíveis sobrecargas, além de limitar a pressão dentro do circuito da máquina.

Filtro de material

O filtro de material, como o seu próprio nome já informa, tem como função, filtrar qualquer partícula que esteja presente na água, que não pode passar para a próxima fase da drenagem.

Corpo da bomba

O corpo da bomba, nada mais é que a sua carcaça, onde o rotor faz a parte de centrífuga da água, com a parte do pré-filtro, alojamento ou cesto.

Difusor

O difusor, por sua vez, tem a função de transformar progressivamente e continuamente a energia cinética do líquido em energia potencial de pressão.

Rotor

O rotor, é um componente que gira sobre o seu próprio eixo, com o objetivo de dar propulsão para todo o motor.

Eixo de bombear

O eixo de bombear, está completamente ligado ao rotor. Responsável por fazer o movimento giratório, que impulsiona todo o trabalho do motor principal.

Folder D-Glide

Gostou de saber mais sobre bombas submersas?

Se você está pensando em comprar um equipamento desses, é muito importante, além de se atentar aos seus componentes, ater-se também, às suas aplicações.

Então, além do produto e todas as suas peças, algumas medidas de precaução, realizadas antes de concretizar a sua instalação, ajudam a garantir o seu bom funcionamento.

Entretanto, para que você tenha um nível mais alto de qualidade, busque sempre optar por marcas de confiança para te atender ou sanar as suas dúvidas.

Então, se você gostou desse conteúdo e deseja saber mais informações sobre bombas submersas e seus componentes, continue atento ao nosso blog, que sempre estamos disponibilizando novidades!

Um abraço e até a próxima!