mancal

Bucha de mancal: descubra o que é e como funciona o componente

O ambiente industrial é cheio de particularidades que demandam atenção, não apenas na equipe e nos produtos fabricados, mas também, nos equipamentos e componentes presentes em cada um deles. Por isso, é essencial que o gestor do time conheça os itens necessários e priorize a qualidade na escolha de cada peça. Pensando nisso, decidimos falar um pouco sobre um material muito conhecido e fundamental para máquinas e aplicações, em diversos segmentos: a bucha para mancal.

Quer saber mais sobre o componente, suas vantagens e funções? Então continue a leitura e tire todas as suas dúvidas!

O que é e qual a função da bucha de mancal?

Primeiramente, é fundamental explicar que bucha e mancal, são peças que se complementam. Desse modo, juntos, são elementos de apoio para o maquinário industrial.

Sendo assim, confira o que é cada um deles:

Mancal

Este é um elemento projetado para suportar cargas aplicadas a um eixo, que gira. Portanto, a principal função é servir como uma espécie de apoio e guia para eixos rotatórios. Assim, através deste suporte, ele ajuda a manter a peça na posição correta.

Além disso, o item amortece as vibrações do sistema, reduz atritos na região onde está e possibilita que o eixo transfira torque e rotação em rodas, engrenagens, polias e outros sistemas.

Bucha

A bucha de mancal, também conhecida como bucha de deslizamento, por sua vez, é um componente que se encaixa no mancal, para garantir a movimentação entre a peça móvel e a peça fixa, criando uma barreira deslizante.

Contudo, o material desse componente, deve ser de dureza menor que o eixo, porém, extremamente resistente. Assim, conforme o eixo se movimento sob o mancal, ele risca a bucha. Assim, o desgaste fica nesse item, mantendo o eixo e mancal protegidos.

Portanto, a bucha de mancal, também conhecida como bucha de deslizamento é muito utilizada em máquinas pesadas e caracterizada, por assegurar vantagens como: simplicidade de instalação, eficiência e facilidade de manutenção.

A importância da bucha de mancal

Sem dúvidas, a bucha é um item muito importante para as máquinas industriais. Aliás, a falha do componente, seja ele de deslizamento ou rolamento, pode acabar prejudicando os equipamentos e causando, inclusive, danos que pausem o seu funcionamento.

De fato, a bucha de mancal é um produto muito importante, para equipamentos que realizam trabalhos com rotatividade. Aliás, o objeto sempre foi fonte de estudo de mecânicos, pois sua função exige eficiência, responsabilidade e resistência.

Isso porque, esse é o item que permite a perfeita conexão entre o mancal, que é uma peça fixa, e o eixo, que é um componente móvel. Assim, o deslizamento, proporcionado pelo seu sistema autolubrificante, é livre do conjunto, evitando o contato direto entre as partes, que causariam atrito, desgaste e diversos problemas às máquinas.

Modernização dos produtos

No entanto, a cada dia surgem opções fortes e modernas. Afinal, a tecnologia também avançou no setor industrial, oferecendo produtos cada vez mais leves e produtivos. Por isso, atualmente, a bucha de mancal é conhecida por suas vantagens de proteção do local onde é aplicada, além de ajudar na atuação e confiabilidade do equipamento.

Assim, é fundamental escolher um material que atenda às necessidades da indústria e ofereça o apoio que a máquina precisa, para que os trabalhos sejam realizados com agilidade e precisão.

Como manter a vida útil do material?

Conforme já citamos acima, a função da bucha de mancal é servir de apoio para eixos que giram, ligados ao mancal, proporcionando deslizamento livre e evitando atritos e desgaste.

Portanto, o item deve ser referência em resistência, já que pode sofrer com excesso das forças de atritos, que surgem por conta das rotações.

mancal

Por isso, é fundamental fazer o possível para contar com materiais de qualidade e com vida útil prolongada. No entanto, existem algumas medidas que podem influenciar no bom funcionamento, como por exemplo:

  • Qualidade: escolher materiais fortes, resistentes e que proporcionem a lubrificação ideal, seja maquinário seco ou submerso, cumprindo sua função sem nenhuma dificuldade;
  • Lubrificação: é fundamental que as máquinas e as buchas tenham um sistema de lubrificação eficiente, para evitar que as forças de atrito gerem calor, desgastes e, por consequência, danos nos eixos, que possam danificar as máquinas;
  • Ambiente: o local, onde a bucha é aplicada, deve ser considerado. Por isso, é importante estar sempre de olho, se é um ambiente com muita poeira, ou outros resíduos, para realizar a higienização adequada. Além disso, deve-se avaliar a necessidade de material específico para maquinário submerso, caso seja o caso.

Manutenção é fundamental

Além de todos os fatores citados acima, a manutenção também é muito importante para manter a plena funcionalidade da bucha, assim como outros componentes industriais.

De acordo com especialistas na área industrial, os mancais, onde são instaladas as buchas, estão entre os elementos que mais causam demanda de manutenção em máquinas rotativas. Dessa maneira, o atrito é o principal problema que influencia na necessidade do serviço.

Ou seja, a inspeção frequente e preventiva ajuda a evitar problemas futuros, através da análise e identificação de possíveis ruídos, excessos de vibrações e variações na temperatura do produto.

Por isso, é essencial que um profissional, que entenda do assunto, faça o monitoramento regularmente, para que a sua indústria fuja da necessidade de trocas repentinas, parada de equipamentos e grandes prejuízos.

O que analisar, na manutenção de buchas de mancal

De fato, essa análise é muito importante. Pois o eixo geralmente atua com diversas solicitações ao mesmo tempo, fazendo com que o mancal suporte fortes impactos causados pelas cargas. Desse modo, alguns problemas podem surgir, como:

  • Fadiga;
  • Ressonância;
  • Danos no alojamento, de um modo geral.

Sem dúvidas, uma boa manutenção preventiva pode ser muito útil, além de conseguir evitar que a empresa seja prejudicada por erros que poderiam ser eliminados através do serviço.

Além disso, o investimento em buchas produzidas por materiais resistentes é fundamental, para que eixos e mancais recebam a proteção ideal, para a movimentação livre. Isso porque, uma bucha autolubrificante de boa qualidade, pode prolongar a vida útil dos componentes, além de evitar paradas nos maquinários.

Mesmo com as buchas auto deslizantes instaladas, faça a manutenção dos mancais

Por ser um componente que, junto à bucha, deve proporcionar a movimentação dos eixos, com mais segurança e diminuindo atrito entre os componentes, é importante, em sua manutenção, verificar os seguintes itens:

  • Acúmulo de calor;
  • Abrasão;
  • Ruídos, que indiquem constante atrito.

Entretanto, o maior foco da manutenção de mancais, é evitar o atrito entre esse componente, com o eixo. Por isso, é fundamental investir em uma bucha de deslizamento de qualidade, para prolongar a vida útil dessas duas partes.

Desse modo, a dica é realizar inspeções básicas sempre que possível. Por exemplo, no caso de mancais que sustentam polias, o recomendado é analisar os componentes a cada um mês. Em mancais de cabeçotes, o tempo indicado para manutenções é a cada 20 dias. Por fim, em mancais de apoio pequeno, a análise pode ser feita a cada dois meses.

Amortecimento da movimentação dos eixos

A combinação de eixo e bucha de deslizamento tem como premissa, controlar a movimentação dos eixos. Tornando-se, por isso, a principal fonte de amortecimento desses movimentos irregulares.

Uma vez que essa vibração gera diversos problemas operacionais, por provocar a danificação e trincas em toda a estrutura dos componentes.  

Portanto, a falta do cuidado com esse sistema de amortecimento, resultam em desgaste por abrasão, bem como o calor excessivo gerado pelo atrito, que causam a parada dos equipamentos industriais.

Sendo assim, a utilização do componente lubrificante ideal é fundamental, para garantir que os eixos se movimentem sob os mancais, de forma correta. Para tanto, a bucha de mancal é uma solução ideal, para atribuir ainda mais segurança e durabilidade, para esses componentes.

Buchas de mancais com encaixe perfeito

De acordo com todas essas informações, é possível entender que as buchas devem desenvolvidas, para que o encaixe entre o mancal e o eixo seja perfeito. Isso porque, qualquer variação de tamanho, pode provocar um efeito contrário ao esperado.

Assim, é importante ressaltar que os erros de projetos e processos de fabricação desse componente, pode causar ainda mais calor, abrasão e tensões internas.

Ou seja, é preciso encontrar um fornecedor que ofereça projetos de alta qualidade, para garantir tanto o encaixe, como a lubrificação correta desse componente. Só assim, é possível atingir um resultado positivo.

Folder D-Glide

Como identificar o melhor fornecedor de bucha de mancal

Sabendo, contudo, que as buchas são componentes que devem garantir:

  • Resistência ao atrito entre eixo e mancal;
  • Encaixe correto, no mancal;
  • Lubrificação perfeita.

Esse item deve ser desenvolvido de material resistente, composto de matérias que proporcionam o perfeito funcionamento desse produto.

Por isso, é fundamental que o fornecedor tenha, em seu portfólio, as melhores opções de matérias, para a fabricação desse produto.

Isso porque, ele deve ser um parceiro que identificará, dentre seus produtos, a solução para sua necessidade, da melhor forma possível. E isso inclui, inclusive, o estudo do maquinário.

Esse material será aplicado em maquinário seco ou submerso? Haverá acúmulo de lubrificante? O contato com poeira é constante? Qual a periodicidade de manutenção desse equipamento?

Procure, sobretudo, um fornecedor que atenda a todas essas necessidades com tranquilidade, agilidade e comprometimento com o resultado de sua empresa. Porque mesmo que seja um componente razoavelmente pequeno, o impacto de sua qualidade poderá influenciar toda a sua produção.

RK Componentes Industriais

Agora que você já sabe o que é a bucha de mancal, e como ela funciona em equipamentos industriais, queremos te apresentar o D-GLIDE®. O nosso material, que pode fazer buchas para os mancais, de acordo com as suas necessidades, é composto por resina e fibras sintéticas.

Desse modo, pode ser alterado com aditivos autolubrificantes e tem propriedade de deslizamento resistente ao desgaste. Além disso, o produto não contém substâncias tóxicas ou ambientalmente perigosas e pode ser aplicado tanto em ambientes secos quanto em locais submersos, sem danificar o meio onde está atuando.

A nossa bucha pode ser aplicada em equipamentos e indústrias de diversos segmentos como hidrelétrica, hidromecânica, naval, offshore, ferroviária, bombas submersas ou verticais, guindastes veiculares, usinas eólicas, válvulas e muito mais!

O material tem produção nacional e pode oferecer muitos benefícios para sua indústria. Primeiramente, conta com valor mais acessível que os produtos vindos de outros países. O D-GLIDE® tem ainda prazos de entrega menores em comparação aos itens que vem de fora, o que garante que nossos clientes recebam o material solicitado entre 7 e 10 dias úteis.

A produção nacional possibilita ainda que caso ocorra alguma dúvida, você possa tratar direto com o fabricante, pois estamos sempre de portas abertas para dar todo o suporte que a sua indústria merece.

Por ser um polímero, nosso material oferece também maior facilidade de manutenção, pois é mais simples trocar uma peça deste tipo do que componentes metálicos como o bronze, por exemplo.

Então se você deseja trabalhar com um material que tem excelente custo-benefício comparado com outros produtos, facilidade e eficiência em substituir itens muito mais caros e alta resistência ao desgaste, acesse o nosso site, fale conosco e veja como nós podemos ajudar a sua empresa!