Modelos de mancais: conheça os diferentes tipos de soluções para a indústria hidromecânica

O mercado industrial vem se tornando cada vez mais competitivo. Isso, sem dúvida, faz com que as empresas se movimentem e busquem soluções que consigam aliar vantagens como produtividade, economia e qualidade no desenvolvimento de produtos ou serviços. Hoje, queremos falar sobre a indústria hidromecânica e sobre um componente que pode ser muito útil na conquista destes benefícios. Ou seja, vamos apresentar os modelos de mancais e revelar como eles ajudam a melhorar os resultados dos negócios deste segmento.

Quer saber mais sobre o assunto e conhecer um material que une resistência e proteção? Então, continue a leitura e confira!

O que faz a indústria hidromecânica?

As indústrias hidromecânicas desenvolvem projetos desde a fabricação e instalação de comportas, válvulas e condutos.

Além disso, as empresas deste setor também atuam na automação e controle de acionamento de itens essenciais nas usinas hidrelétricas.

Portanto, os equipamentos e acessórios hidromecânicos são aqueles que utilizam água como sua força motriz.

Aliás, o fluxo da água passa por tubulações e itens que garantem a segurança dos processos. Desse modo, todo o sistema de rotação deste tipo de máquina precisa estar em perfeito funcionamento, para garantir que os serviços sejam realizados com qualidade.

E é exatamente neste ponto que os mancais podem ajudar. Pois, contam com a função de proteger eixos e alojamento e permitir que até mesmo operações mais pesadas sejam feitas sem dificuldades, como você vai conferir a seguir!

O que são mancais?

Primeiramente, é importante destacar que os modelos de mancais existentes no mercado são muito importantes para diferentes tipos de segmentos e aplicações.

Mas, de uma maneira geral, o componente é um elemento que serve como apoio fixo durante a ação de sistemas de movimentação das máquinas.

Assim, os eixos e rolamentos, que são os itens giratórios do equipamento, funcionam normalmente, sem riscos de danos e paradas inesperadas.

Sem a presença dos mancais, a máquina pode sofrer alguns problemas como fadiga, propagação de trincas e ressonância, que podem comprometer seu bom desempenho.

Ou seja, o mancal é a solução ideal para assegurar a eficiência na transmissão de potência nestes sistemas, já que ajuda a evitar falhas e deixa os processos mais seguros.

Por isso, esse componente precisa contar com buchas próprias, feitas de material resistente, pois está sempre sujeito a trabalhar com grandes cargas e em altas temperaturas.

Modelos de mancais para indústria hidromecânica

Depois de falar um pouco sobre a função deste item, queremos mostrar os modelos de mancais indicados para os equipamentos de uma indústria hidromecânica.

Primeiramente, é importante destacar que existem os itens de rolamento e os de deslizamento.

Os mancais rotativos ou de rolamento, por exemplo, contam com dois anéis ligados nos elementos rolantes, que geram a movimentação adequada para absorver os atritos entre eixos e alojamentos.

No entanto, os modelos de mancais de deslizamento contam com uma estrutura que separa as buchas do eixo por camadas finas de óleo, grafite e elementos que garantem a característica lubrificante da solução.

Ou seja, uma das grandes diferenças entre os itens é que os mancais de deslizamento não contam com elementos rolantes como esferas roletes e agulhas, como os mancais de rolamento.

Além disso, a lubrificação também é uma característica que diferencia os dois materiais. Afinal, apenas as buchas deslizantes são autolubrificantes, o que garante maior tolerância para o alojamento do eixo e resistência até mesmo em cargas extremamente pesadas.

Deslizamento X Rolamento

Como você viu, as soluções apresentam algumas diferenças. Mas, é importante explicar que entre estes dois modelos de mancais existem materiais variados.

Os tipos de mancais de deslizamento são:

  • Hidrodinâmicos: feitos de metal e cerâmica e projetados para aplicações que exigem altas cargas axiais;
  • Hidrostáticos: itens quase isentos de desgastes e ideais para equipamentos que demandam alta precisão;
  • Aerostáticos: estes materiais dispensam o uso de óleos e graxas e utilizam ar comprimido como elemento lubrificante;
  • Magnéticos: são soluções que mantêm o eixo em suspensão, através de força magnética e sem o uso de lubrificante.

Já entre os modelos de rolamento estão:

  • Mancais rígidos ou de esferas de contato angular;
  • Rolos cilíndricos, cônicos ou de agulhas;
  • Buchas axiais de esferas ou autocompensadoras de rolos.

A solução ideal para a sua demanda

Por fim, queremos apresentar um produto que desenvolve os melhores modelos de buchas para os mancais de sua indústria.

O D-GLIDE® é um material que fabrica buchas para mancais, de acordo com a sua necessidade. O item, que é composto por resinas e fibras sintéticas, pode ser alterado com alguns aditivos autolubrificantes, como o PTFE, por exemplo.

Folder D-Glide

O item tem diversas aplicações e pode ser utilizado em bombas submersas, turbinas hidráulicas e em segmentos como hidromecânico, naval e offshore.

Além da resistência e eficácia na proteção de eixos e alojamentos, o produto nacional, que substitui com facilidade itens mais caros como o bronze, oferece vantagens financeiras, além de ter prazo de produção menor em relação aos itens importados.

Clique aqui, fale conosco e tire todas as suas dúvidas sobre o D-GLIDE®.